sexta-feira, 5 de abril de 2013

Perdoar

Agindo Deus

Pensamentos

" O mercantilismo religioso presente hoje dentro de algumas igrejas é vergonhoso em nossos dias. , O evangelho não é produto lucrativo, o templo não é praça de barganha, e os crentes não são consumidores e sim adoradores.

Chega de sincretismo disfarçado de libertação. Precisamos da manifestação da Presença de Deus através do nosso caráter, atitudes. Só assim influenciaremos uma cultura,idéias. Menos blá,blá,blá baseado em sincretismo e mais vida com Deus

Pensamentos

"Sempre deseje o que Deus deseja, e o deseje pela mesma razão por que Ele o deseja, e então o Seu Espírito Santo cooperará com você para conseguir aquilo que almeja." Deus abençoe á todos.

Isso é inspirador! Jesus se dirigiu ao endemoninhado gadareno que ninguém queria perto. Ele corria entre os túmulos ameaçava quem encontrasse pelo caminho. Jesus disse: Você é importante. Endireitarei sua situação e então você poderá ser o meu mensageiro.

O pior hábito é tratar a Palavra como se trata um livro comum. Tratar a redenção como se fosse apenas uma fábula. A Palavra é Deus falando. É parte do próprio Deus. Deus e sua Palavra são um só. A Palavra é viva com a vida de Cristo.


Deus está procurando por uma igreja-noiva que tenha olhos somente para Ele. Uma igreja que se importe mais com sua Presença do que com Seus presentes. Mais valor a glória da sua presença do que as realizações pessoais.

"Quando perdemos a capacidade de influenciar para Cristo, ficamos como o sal sem sabor que provoca náuseas, em vez de apetite".


"Devemos vigiar, o pecado do cristão é mais grave! É mais grave porque ele peca consciente do que faz, é mais hipócrita porque ele denuncia o pecado em público e o prática em secreto; é mais danoso porque quando ele cai atinge muitas pessoas." O mercantilismo religioso presente hoje dentro de algumas igrejas é vergonhoso em nossos dias. , O evangelho não é produto lucrativo, o templo não é praça de barganha, e os crentes não são consumidores e sim adoradores."


Quebrantamento na terra gera abertura nos céus. Chave da intimidade com Deus é quebrantamento.



Dieta saudável

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

- Profeta homen do Espírito e da Palavra.

Am 3.7 "Certamente o Senhor Jeová não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos os profetas." O lugar dos profetas na história do AT. Os profetas do AT eram homens de Deus que, espiritualmente, achavam-se muito acima de seus contemporâneos. Nenhuma categoria, em toda a literatura, apresenta um quadro mais dramático do que os profetas do AT. Os sacerdotes, juízes, reis, conselheiros e os salmistas, tinham cada um, lugar distintivo na história de Israel, mas nenhum deles, logrou alcançar a estatura dos profetas, nem chegou a exercer tanta influência na história da redenção. Os profetas exerceram considerável influência sobre a composição do AT. A categoria dos profetas inclui 6 livros históricos, compostos sob a perspectiva profética: Josué, Juízes, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis. É provável que os autores desses livros fossem profetas. Em segundo lugar, há dezessete livros proféticos( Isaías até Malaquias). Finalmente, Moisés, autor dos 5 primeiros livros da Biblía ( a Torá ), era profeta( Dt 18.15 ) Sendo assim, dois terços do AT, no mìnimo, foram escritos por profetas. HOMENS DO ESPÍRITO E DA PALAVRA. O profeta não era simplesmente um líder religioso, mas alguém possuído pelo Espírito de Deus (Ez 37.1,4). O Espírito e a Palavra estão no profeta. O profeta é alguém que têm estreito relacionamento com Deus, e que se torna intímo do Senhor (Am 3.7). O profeta vê o mundo e a igreja sob a perspectiva divina, e não segundo o ponto de vista humano. O profeta têm profunda sensibilidade diante do pecado e do mal, desafia constantemente a santidade superficial do povo. Um homem sem sintonia com o sistema corrupto e injusto. O ministério profético do AT ajuda-nos a compreender o do NT. A função do profeta no NT incluí o seguinte: Proclama e interpreta, cheio do Espírito Santo, a Palavra de Deus, por chamada divina. Sua mensagem visava admoestar, exortar, animar, consolar e edificar. É dever do profeta do NT, desmascarar o pecado, proclamar a justiça, advertir do juízo vindouro e combater o mundanismo e frieza espiritual entre o povo de Deus. Por causa da sua mensagem de justiça, o profeta pode esperar ser rejeitado por muitos nas igrejas, em tempos de mornidão e apostasia. O caráter, a solicitude espiritual, o desejo e a capacidade do profeta incluem: -Zelo pela pureza da igreja ( Jo 17.15-17; 1 Co 6.9-11; Gl 5.22-25) -Profunda sensibilidade diante do mal e a capacidade de identificar e detestar a iniqüidade (Rm 12.9; Hb 1.9) -Profunda compreensão do perigo dos falsos ensinos (Mt 7.15; Mt 24.11,24) -Dependência contínua da palavra de Deus (Lc 4.17-19; 2 Tm 3.16) Os profetas continuam sendo imprescindíveis ao propósito de Deus para a igreja. A igreja que rejeitar os profetas de Deus caminhará para a decadência, desviando-se para o mundanismo e o liberalismo quanto aos ensinos da Bíblia. (1Co 14.3; Mt 23.31-38; Lc 11.49; At 7.51,52).

domingo, 25 de dezembro de 2011

- Marcas de uma igreja doente.


Ap 3.14-22 Laodicéia era a mais rica das sete cidades, conhecida por seu sistema bancário, manufatura de lã e uma escola de medicina que produzia ungüento para os olhos. Mas a cidade sempre tinha enfrentado problemas com o fornecimento de água. Em certa ocasião construíram um aqueduto para transportar água até a cidade, a partir de nascentes de água quente. Mas, no momento em que a água chegava, ela não estava quente, nem agradavelmente fresca - estava morna. A igreja ali havia se tornado uma comunidade tão branda como a água tépida que servia à cidade. A água morna é uma bebida muito desagradável. A igreja em Laodicéia havia se transformado em uma comunidade tíbia, portanto,insípida e repugnante. Seus crentes não adotavam uma posição definida, e a indiferença os levava à ociosidade e à preguiça.
Não existe nada pior do que um cristão indiferente,nominal e que se julga auto-suficiente. Não tome a decisão de servir a Deus parcialmente. Deixe Cristo incendiar sua fé e levá-lo a tomar uma posição. Alguns crentes entendem que ter muitas posses materiais representa um sinal de benção espiritual da parte de Deus.
Laodicéia era uma cidade abastada e a igreja ali era igualmente rica. Aquilo que seus moradores podiam ver e comprar havia se tornado mais valioso para eles que o invisível e o eterno. Riqueza, luxo e bem-estar levam as pessoas a se sentir confiantes, satisfeitas e acomodadas. Não importa o que você possua, ou quanto dinheiro seja capaz de ganhar, você nada terá,verdadeiramente, se não tiver um relacionamento vital com Cristo. De que maneira seu nível atual de recursos está afetando seu desejo espiritual? Em vez de centrar sua vida principalmente no conforto e no luxo, busque a verdadeira riqueza que existe em Cristo. Laodicéia era conhecida por sua imensa riqueza. Cristo disse a seus moradores que era dEle que deveriam comprar o seu OURO( verdadeiros tesouros espirituais). A cidade tinha orgulho de seus tecidos e de sua indústria de tinturaria. Cristo disse que deveriam comprar dEle as VESTES BRANCAS(sua justiça). Laodicéia se orgulhava de seu precioso ungüento que curava muitos problemas nos olhos. Cristo lhes disse que deveriam comprar dEle o COLÍRIO que iria curar seus olhos(para que pudessem ver a verdade, visão espiritual Jo 9.39). Cristo estava mostrando a essas pessoas que o verdadeiro valor não se encontra nas posses materiais, mas em um correto relacionamento com Deus. Suas posses e realizações eram totalmente insignificantes quando comparadas a um perpétuo futuro no Reino de Cristo. Deus iria castigar essa tíbia igreja se ela não abandonasse sua atitude de indiferença em relação a Ele. Quando Deus castiga, seu propósito é trazer as pessoas de volta a si. Será que sua devoção a Deus também está morna? Você pode evitar a punição divina aproximando-se de Deus através da confissão, do serviço, da adoração e do estudo de sua palavra. O Espírito Santo pode reacender nosso zelo por Deus quando permitirmos que Ele trabalhe em nossos corações.
A igreja em Laodicéia era complacente e rica. Seus membros se sentiam muito satisfeitos, embora não tivessem a presença de Cristo entre eles. Cristo bateu na porta de seu coração, mas estavam tão ocupados gozando os prazeres mundanos que não notaram que Ele queria entrar. Os prazeres desse mundo - dinheiro, segurança, posses materiais - podem ser perigosos porque sua temporária satisfação nos torna indiferentes à oferta divina de uma eterna satisfação. Se você se sente diferente em relação à igreja, a Deus ou à Bíblia, é porque já começou a cercear a presença de Deus em sua vida. Deixe as portas de seu coração sempre abertas para Ele, e não precisará se preocupar em saber se Ele está ou não batendo. Ele nos permite decidir se queremos ou não abrir nossa vida a Ele. Será que você, intencionalmente, sempre mantém sua presença e seu poder de transformar vidas do lado de fora da porta? Deixá-lo entrar será sua única esperança de alcançar uma realização eterna. Ouça, compreenda e pratique o que o Espírito Santo diz às igrejas nestes últimos dias.